Addendum

Marisa MATIAS


EUROPEAN GROUP
GUE-NGL
COUNTRY
Portugal

NATIONAL GROUP
Bloco de Esquerda

ATTENDANCE IN PLENARY SESSIONS +info
93%
254 out of 278 sessions attended (7 excused).

PARTICIPATION IN ROLL-CALL VOTES
93%
9348 out of 9960 votes during the mandate.

SITTING INFO
Proposal for a regulation of the European Parliament and of the Council amending Regulation (EU) 2016/399 as regards the rules applicable to the temporary reintroduction of border control at internal borders
Committee on Civil Liberties, Justice and Home Affairs

DATE:
Show Agenda
REFERENCE:
NUMBER:
MINUTES:
VOTES ON THIS SITTING:
A8-0356/2018. Tanja Fajon - Am 23S
A8-0356/2018. Tanja Fajon - Am 26
A8-0356/2018. Tanja Fajon - Am 32
A8-0356/2018. Tanja Fajon - Am 64
A8-0356/2018. Tanja Fajon - Am 44
A8-0356/2018. Tanja Fajon - Am 3
A8-0356/2018. Tanja Fajon - Am 5
A8-0356/2018. Tanja Fajon - Am 6
A8-0356/2018. Tanja Fajon - Am 7
A8-0356/2018. Tanja Fajon - Am 12
A8-0356/2018. Tanja Fajon - Am 15
A8-0356/2018. Tanja Fajon - Proposition de la Commission


WRITTEN EXPLANATION OF VOTE (A8-0356/2018)
Temporary reintroduction of border control at internal borders

O espaço Schengen foi criado com o objectivo de implementar o direito de livre circulação de pessoas sem qualquer controlo nas fronteiras internas dos países pertencentes a esse espaço geográfico. No entanto, alguns países membros de Schengen, a Alemanha, a Áustria, a Dinamarca, a França, a Noruega e a Suécia, têm vindo a introduzir, desde 2015, e contrariamente às normas inscritas no Código das Fronteiras Schengen, controlos nas suas fronteiras internas, alegando questões de segurança, mas na realidade para travar fluxos migratórios indesejáveis para esses Estados. Assim sendo, há que salvaguardar o objectivo principal do Acordo Schengen, isto é, a livre circulação de pessoas, limitando ao máximo os controlos de fronteiras internas dos países membros. Com efeito, a versão final deste relatório visa definir as circunstâncias excepcionais de controlo das fronteiras internas dos países membros do espaço Schengen, a fim de eliminar limitações arbitrárias e inadmissíveis do princípio da livre circulação. Votei a favor.

Date issued: November 29, 2018